O conforto dos pneus de bicicleta: definição e fatores

O que é o conforto do pneu?

Frequentemente falamos de conforto do pneu de bicicleta e, claro, é um critério importante, essencial em certos casos. Mas o que realmente queremos dizer com o conforto dos pneus de bicicleta e quais são os fatores que contribuem para isso?

 

 

O QUE É O CONFORTO DO PNEU?        

O conforto do pneu designa sua capacidade de absorver as irregularidades do solo para reduzir as vibrações no guidão e no selim.

Um pneu mais confortável proporciona melhores sensações na estrada e nos percurssos, mas também é, a médio e longo prazo, uma forma de evitar alguns problemas, como dores nas costas, por exemplo.

 

 

Os fatores relacionados ao conforto dos pneus

Vários elementos ajudarão à fazer um pneu de bicicleta mais ou menos confortável.

 

O material da câmara de ar

 

Dependendo dos casos, as câmaras de ar são de borracha sintética ou, mais raramente, de látex. As câmaras de ar de látex oferecem um conforto melhor. Elas também são mais leves e mais resistentes a perfurações. Em contrapartida, elas necessitam ser reenchidas com mais frequência do que as câmaras de borracha sintética.

 

A largura da seção

 

O uso pneu com uma seção mais larga é mais vantajoso em terreno irregular. Assim, um pneu com 23 mm de largura dá mais conforto ao ciclista do que um pneu de 20 mm de largura.

 

A composição da carcaça do pneu

 

A composição da carcaça do pneu (a estrutura presente na banda de rodagem) também tem sua importância: as carcaças feitas de seda e de algodão trarão mais conforto porque esses materiais, devido a sua flexibilidade, vão se ajustar melhor às irregularidades do terreno. Os pneus com carcaça de nylon são mais propensos a « saltar » em função das irregularidades, provocando assim mais vibrações e, portanto, menos conforto.

 

A pressão do pneu

 

Ao inflar os pneus, você pode pensar em ajustar a pressão máxima, esperando ir mais longe e com menos esforço. A realidade, porém, é mais sutil: às vezes, alta pressão prejudica a transmissão de energia e, portanto, os desempenhos! Sobretudo, um pneu muito inflado faz você sentir mais as irregularidades do solo do que um pneu com baixa pressão.

 

A solução: ajuste uma boa pressão, em função do tipo de pneu (MTB, City Trekking / VTC ou Estrada), da superfície e da utilização, a fim de encontrar o equilíbrio perfeito entre conforto e desempenho.

 

Ler o artigo sobre a pressão de pneus.